BLOG

Volta às aulas: 4 problemas que sua instituição de ensino pode estar enfrentando

A volta às aulas é um momento ansiosamente esperado por muitos estudantes e até pelos pais, que retomam a rotina anterior às férias. Esse anseio pode vir do fato de que a instituição de ensino é o local seguro que os alunos têm quando não estão em casa, e esta questão precisa ser pensada pelas escolas e universidades.

A segurança é um direito de todos, mas nem sempre os alunos usufruem dele. São diversos os casos de intrusão, ataques e violência entre alunos e contra professores nas instituições de ensino no Brasil que escancaram a realidade de quem estuda, trabalha e mora no País. Problema que, curiosamente, tem a educação apontada como solução.

Por isso, alguns estados brasileiros têm adotado medidas junto às comunidades escolares para aprimorar a segurança nas escolas. Entre elas, o monitoramento estratégico das áreas do entorno das unidades e em ambientes internos. Entretanto, há muito a ser feito para que pais e professores se preocupem apenas com a educação de seus filhos e alunos.

Listamos alguns problemas que as instituições de ensino podem enfrentar em relação à segurança.

Escolas e universidades podem ter alguns gargalos de segurança

Escolas e universidades podem ter alguns gargalos de segurança

Controle de acesso precário em instituições de ensino

O ambiente escolar é um local bastante propício a tensões por causa do alto número de pessoas circulando em um mesmo local diariamente, especialmente alunos e professores. Além disso, quando há a necessidade da presença de pais e familiares na propriedade para acompanhamento dos estudantes, a entrada e saída de pessoas pode ficar extremamente tumultuada, perdendo-se facilmente o controle exato de quem transita em determinado horário e entra em contato com os alunos.

Esta etapa pode ajudar a controlar o acesso das pessoas de maneira rápida e prática, utilizando as próprias câmeras de monitoramento que a escola ou universidade já tenha. Planos de segurança com ausência de análise de riscos tornam a propriedade extremamente vulnerável a intrusões, ataques e outros tipos de crimes.

Poucos vigilantes para muitos estudantes

Instituições de ensino são locais com alto fluxo de pessoas. Não é difícil imaginar a tentativa de intrusão no momento da entrada ou saída dos estudantes, e os vigilantes à porta podem não dar conta de perceber movimentos estranhos nestes locais e nestes momentos.

Não apenas pessoas estranhas podem tentar entrar, mas até mesmo alunos mal intencionados com objetos perigosos podem passar despercebidos pelo olhar dos seguranças.

LEIA TAMBÉM: 5 benefícios do reconhecimento facial em escolas

Falta de gestão de risco no ambiente escolar

Mesmo com centenas de casos no Brasil e no mundo de ataques violentos em escolas, muitas delas não investiram na elaboração de um plano de gestão de risco. É necessário conhecer os pontos cegos, as fraquezas no acesso, o comportamento de alunos e todos os principais gatilhos para aplicação de uma solução adequada para cada caso.

É necessário saber se a instituição de ensino está vulnerável a alguma ameaça específica, qual seria o pior impacto negativo dessa ameaça e qual a probabilidade dessa ameaça afetar a instituição.

É claro que nem tudo está no alcance ou controle da escola, mas no que ela puder fazer para manter seus alunos, professores e demais funcionários em segurança, precisa ser feito.

Gestores sem conhecimento em segurança

O diretor ou reitor de uma escola e universidade também têm nas mãos a responsabilidade de identificar as fraquezas na segurança da instituição que administra. Capacitar equipes para ações perigosas pode fazer a diferença entre a tentativa e a fatalidade. Saber identificar comportamentos estranhos, gerir pessoas destinadas a manter a segurança da instituição demanda este investimento.

Estes são apenas alguns dos problemas enfrentados pelas instituições de ensino no quesito segurança; A proteção dos alunos faz parte de um processo educacional e já existem muitas soluções práticas para minimizar e até combater esses riscos com o auxílio da tecnologia. Continue acompanhando nosso blog para mais conteúdo sobre segurança e tecnologia e fale conosco para saber como sua instituição de ensino pode aprimorar seu sistema de segurança com inteligência.