BLOG

Estes problemas em estacionamento podem comprometer sua segurança

Seja em um shopping, universidade ou supermercado, estacionamentos são locais constantemente sujeitos a incidentes complexos, o que acaba gerando demandas para gestores e diretores destes estabelecimentos. Alguns dos principais problemas são resultantes da falta de um sistema de CFTV com boa qualidade e capaz de promover o monitoramento preventivo das instalações da instituição, empresa ou ponto comercial.

Por isso, listamos 5 exemplos de situações mais comuns no contexto dos estacionamentos e soluções em videomonitoramento que podem mudar esse cenário.

Estacionamentos precisam de atenção especial para manter todo o estabelecimento em segurança

Estacionamentos precisam de atenção especial para manter todo o estabelecimento em segurança

#1 Roubos e furtos

Esse primeiro problema representa um grande incômodo para todos que frequentam o local, pois os clientes e visitantes circulam ali diariamente e confiam seus veículos nos estacionamento acreditando que nenhum dos seus bens será levado enquanto estão comprando ou estudando, no caso de estacionamentos de universidades. Sendo assim, qualquer perda por furto ou atividade violenta (como roubo) representa um risco grave para toda a segurança do local.

É comum colocar vigias nas entradas dos estacionamentos para realizar o controle de entrada dos carros e motos juntamente com as catracas eletrônicas. Porém, esse funcionário precisará trabalhar em regime de troca de turnos e nem sempre poderá monitorar toda a extensão da área, especialmente se houver diversas vias de acesso no estacionamento ou se for uma universidade de grande porte e com várias vagas para veículos, deixando o ambiente vulnerável a ações criminosas.

#2 Batidas, arranhões e outros danos

Um segundo ponto que gera constantes demandas para a coordenação acadêmica são danos causados por terceiros dentro do estacionamento da universidade. Motoristas circulando na contramão e estacionando seus veículos em local proibido são exemplos de ações que levam a possíveis acidentes, danificando outros carros e motos ou, ainda, gerando incidentes mais graves com os pedestres.

Tudo isso contribui para a demora na resolução de outras demandas pelas quais a gerência é responsável, pois resolver questões do estacionamento toma uma quantidade considerável de tempo. Além disso, requer recursos que nem sempre estão disponíveis: no momento de identificar culpados, por exemplo, se a gravação do sistema de câmeras existente não estiver nítida ou o equipamento tiver ficado fora do ar no momento do ocorrido, não será possível apontar responsáveis pelos danos.

#3 Pessoas não autorizadas

O controle de acesso daqueles que entram e saem é uma questão bastante crítica devido ao alto fluxo de pessoas em diversos horários, o que acaba dificultando a tarefa das liberações dentro dos estacionamentos.

Apesar da praticidade que alguns locais encontram em distribuir cartões de acesso, esse método está sujeito a falhas. Casos de perda/furto/empréstimo fazem com que pessoas não cadastradas se apoderem do cartão de um visitante, cliente ou funcionário e tenham fácil acesso às cancelas, entrando em contato com os demais, o que pode representar um alto risco para a segurança patrimonial e a integridade física dos que ali se encontram.

Caso o sistema de câmeras de monitoramento seja analógico, é possível aproveitar o legado e implantar analíticos inteligentes.

Caso o sistema de câmeras de monitoramento seja analógico, é possível aproveitar o legado e implantar analíticos inteligentes.

#4 Entrada de suspeitos

Esse ponto diz respeito especificamente à capacidade de detecção de indivíduos suspeitos que entram o estacionamento utilizando veículos roubados ou que tenham sido usados para cometer outros crimes (dentro ou fora do estabelecimento). Quando a instituição aplica um monitoramento reativo/tradicional, não há como registrar as placas de cada carro/moto que adentra o local e ainda checar se correspondem a veículos com entrada proibida.

Dessa forma, suspeitos podem entrar facilmente pelos portões ou cancelas eletrônicas e nada será identificado pelo sistema de câmeras. Por consequência, as equipes de segurança não serão notificadas de imediato, o que retarda o tempo de resposta em caso de qualquer situação perigosa.

#5 Culpabilização por incidentes que não ocorreram

Por fim, listamos aqui os casos em que visitantes procuram a coordenação para resolver danos que não tenham ocorrido dentro do estacionamento de fato. Em situações assim, é bastante complexo para as equipes averiguarem a veracidade das informações que são passadas.

Sem um sistema de câmeras adequado (com alta resolução, que cubra toda a área necessária e não fique fora do ar), não será possível verificar nas gravações se realmente ocorreu alguma situação dentro do que justifique o dano apresentado. Assim, recursos financeiros e de tempo podem ser desperdiçados pela equipe devido à falta de provas concretas.

Para todos esses principais problemas relativos ao estacionamento, uma boa alternativa é a solução de monitoramento inteligente associado ao sistema de câmeras do local. Com isso, algumas situações de risco são detectadas automaticamente e ainda é possível aumentar o tempo de resposta das equipes, diminuindo desfechos perigosos.

Leia também: Saiba o que são e como são usadas