BLOG

Por que monitorar equipamentos é tão importante quanto imagens?

O monitoramento por vídeo é uma das estratégias mais utilizadas para a atividade de segurança patrimonial em empresas dos mais diversos ramos. Com o armazenamento dos dados de imagens, é possível averiguar todos os itens materiais e a dinâmica da equipe, garantindo uma solução completa e eficaz para assegurar a proteção do ambiente.

Quando se tem um sistema de videomonitoramento instalado, é fundamental saber se todos os pontos daquele circuito estão em perfeito funcionamento. Na maioria dos casos, o gestor só tem conhecimento que alguma câmera ou dispositivo não estava funcionando quando já é tarde demais. Por isso, ter um sistema que aja preventivamente, alertando os gestores sobre falhas e falta de funcionamento de equipamentos, é fundamental para garantir a segurança da sua empresa.

Entenda os detalhes ao longo do texto.

Sua câmera está ativa ou está apenas juntando insetos?

Sua câmera está ativa ou está apenas juntando insetos?

Como os equipamentos são afetados por diferentes sistemas CFTV

Na gestão tradicional de imagens, ou seja, modelos em que há apenas o armazenamento dos vídeos sem uso de sistemas inteligentes, a falha no sistema só é descoberta quando ocorre um evento que precisa ser analisado posteriormente. Ao tentar fazer o resgate da imagem, verifica-se, então, que o equipamento estava fora de funcionamento.

No modelo de gestão proativa, isso não é diferente e, muitas vezes, pode ser mais prejudicial. Nesse tipo de gestão, softwares realizam a análise inteligente de vídeo e geram alarmes aos operadores assim que ocorrem eventos de risco. Após isso, a equipe verifica a imagem dessa câmera naquele momento específico. Se uma câmera deixa de funcionar, os alarmes que seriam gerados por suas imagens deixam de chegar até o operador, já que não há como o analítico de vídeo funcionar sem que a câmera esteja no ar.

camera de segurança

O que fazer para monitorar seus equipamentos de CFTV?

A grande maioria das empresas não possui nenhuma rotina para saber preventivamente se as câmeras estão funcionando devidamente ou não. As que possuem essa rotina fazem sem o uso de qualquer tecnologia, utilizando capital humano para realizar a ronda e inspecionar câmera por câmera. No entanto, em grandes indústrias e empresas com unidades espalhadas por todo país, esse tipo de ronda se torna inviável e muito oneroso. Ter um sistema que faça essa inspeção de forma automatizada se torna, então, fundamental.

Nosso modelo de monitoramento inclui o sistema “up/down”, que atua exatamente em certificar que todos os equipamentos estão funcionando. Como todo o circuito está conectado na rede, o software faz “testes” de tempos em tempos para assegurar que os equipamentos estão online. Caso não estejam, é gerado um alerta ao responsável pelo monitoramento daquela área.

Em sistemas mais robustos e mais integrados, é possível ainda detectar se a imagem da câmera foi obstruída, se o quadro da câmera foi alterado, etc. O mais importante, no entanto, é a integração com o sistema de manutenção do videomonitoramento. Além do operador de CFTV, a equipe de manutenção também deve receber o alerta de cada equipamento que não está funcionando devidamente e gerar um ticket automático no sistema de suporte para que o reparo do equipamento seja feito o mais rápido possível.

Se você necessita auxílio para verificar se os seus equipamentos CFTV estão em funcionamento contínuo, entre em contato conosco. A Avantia oferece soluções para videomonitoramento e trabalha com diversos planos, fornecendo a solução ideal para o seu negócio.