BLOG

Case: Solução de CFTV – Colégio São Luís Recife

Colégio Marista São Luís Recife

Imagem: https://marista.edu.br/saoluis/

 

O projeto de CFTV para o Colégio Marista São Luís, em Recife – PE, foi desenvolvido com o objetivo de permitir que a instituição de ensino monitorasse toda sua estrutura física. O contrato de serviço garante a locação e manutenção de todos equipamentos necessários para o videomonitoramento. Acompanhe neste post os detalhes do processo desenvolvido pela nossa equipe e as especificações técnicas utilizadas no serviço.

 

Desafio inicial do colégio

A direção da escola tinha o desafio de conseguir monitorar de forma eficaz o ambiente de alunos e funcionários a fim de garantir segurança e bem-estar para todas as atividades diárias. Anteriormente ao contato com a Avantia, já existia um sistema interno de vigilância composto por 23 câmeras analógicas alugadas, porém, a qualidade não atendia às demandas necessárias.

 

Solução

Realizamos um levantamento geral junto ao cliente e identificamos que as áreas prioritárias de coberturas deveriam envolver: pátio, corredores internos, igreja, capela, piscina e quadra de esportes. Além disso, também receberia o monitoramento uma divisa nos fundos da propriedade com acesso a uma rua deserta. É importante notar que o foco não foram muros, pois a prioridade do projeto não era segurança perimetral, mas sim o resguardo das atividades rotineiras dos alunos.

Infraestrutura

A partir desse estudo, propusemos a instalação de 61 câmeras IP da Intelbras com qualidade Full HD. Servidor e storage foram instalados no próprio datacenter que o São Luís já possuía. Como a composição da rede era satisfatória, não foi necessário reestruturação desse ponto, aproveitando seus equipamentos de rede gerenciáveis, layer 3 e overlan. Assim, associamos facilmente nossos aparelhos com a rede da unidade, instalando nosso box de analíticos e NVR.

Monitoramento na prática

Apesar do contrato ainda não incluir o serviço de videomonitoramento com nossos operadores, todo o sistema foi implementado para funcionar dentro do padrão AMS – Avantia Monitoring System – a fim de realizar controle up/down, ou seja, identificar automaticamente se todos os aparelhos estão em perfeito funcionamento e gerar um alerta em caso de falha. Isso permite que qualquer irregularidade seja identificada antes mesmo do colégio notar e automaticamente já enviamos nosso serviço de manutenção. Quanto aos dados, as imagens são gravadas 24 horas e o armazenamento disponibiliza o resgate dos vídeos no período de até 30 dias.

O processo de vigilância ocorre com o auxílio de uma equipe de pátio circulante nas dependências da escola que comunica à Diretoria via rádio em caso de qualquer desconformidade. A partir disso, a Coordenação checa as imagens no datacenter.

Desafios da implantação

Dois pontos desafiadores que a nossa equipe teve que enfrentar foram questões relacionadas ao tempo para execução e à parte elétrica:

Em primeiro lugar, a planta do local era bastante extensa e tivemos apenas 30 dias para entregar o projeto finalizado. Em adição a isso, nossa operação teve que ser realizada com tempo reduzido, sendo permitido atuar apenas em horário comercial, quando houvesse um funcionário da escola presente. Tudo isso com o devido cuidado de manter as áreas e brinquedos do pátio limpos e conservados.

Segundo, a infraestrutura elétrica necessitou passar por uma avaliação. Realizamos, então, uma manutenção completa, revisando conectores e peças para fornecer um upgrade à estrutura elétrica.

 

Resultados

Conseguimos alcançar a solução desejada dentro do prazo, com o serviço completo já em funcionamento no início do ano letivo de 2017. O inusitado foi que, mesmo durante a fase de implementação, houve a necessidade de averiguar uma imagem específica e constatamos, juntamente com a equipe do São Luís, que as gravações já estavam rodando em alta qualidade e pudemos encontrar o evento desejado.

Tanto a equipe pedagógica, representada pelo coordenador Francisco de Assis Saldanha Ferreira, quanto a equipe de TI, representada pelo coordenador Renato Pereira, nos apresentaram feedbacks positivos e compartilharam sua satisfação:

“O que nos tranquilizou foi finalmente ter a certeza de que contratamos um serviço e ele está sendo realizado efetivamente. Agora não precisamos ter alguém checando a todo instante se as câmeras estão no ar, o que traz conforto e segurança para toda a comunidade pedagógica, tanto professores, como familiares e alunos”, explica Francisco.

 

Cenários futuros

A infraestrutura atual já está pronta para receber o monitoramento proativo do AMS. O próximo passo é aplicar os analíticos de vídeo, tornando as câmeras inteligentes e capazes de identificar eventos específicos, gerando alertas em diferentes casos. A detecção de eventos torna a segurança proativa e traz diversos benefícios na atividade do monitoramento, pois situações de risco são identificadas automaticamente e possuem a garantia de serem tratadas.

Alguns exemplos de eventos detectados pelos nossos analíticos: ultrapassagem de linha demarcada, aglomeração de pessoas, tempo de permanência excedido em um local, objeto abandonado e objeto retirado. Isso ajuda na gestão pedagógica ao diminuir situações de risco que não seriam contornadas em tempo hábil.

Também há a proposta de integrar a solução atual com o sistema já existente de controle de acesso. A estrutura atual seria renovada com tecnologia da Avantia para otimizar o funcionamento das catracas e identificação de pessoas.

Após a conclusão do projeto de CFTV na unidade Recife, o objetivo é estender a solução para as outras plantas da rede de escolas, levando gestão e manutenção dos equipamentos de monitoramento, como câmeras e a infraestrutura de rede.