BLOG

Controle de acesso: um ponto chave na gestão de segurança

Você já parou para analisar quantas pessoas entram e saem da sua empresa todos os dias? Como seria se qualquer uma delas pudesse acessar o seu depósito ou setor financeiro? Em empresas de grande porte e indústrias, é comum que um intenso fluxo de pessoas transite nas dependências do local diariamente. Além de colaboradores da área de operação, gestão e escritório, visitantes, representantes de outras empresas e funcionários terceirizados passam por uma série de locais e ter o controle desses acessos é fundamental para garantir a segurança do seu patrimônio e principalmente das pessoas.

Controle de acesso é um sistema que permite ou impede pessoas de entrarem ou sair de um local, e ele pode ser aplicado em uma sala específica ou em toda planta. Nessas áreas onde há o controle de acesso, condutas pré-determinadas são exigidas para manter a ordem e a segurança, tanto de quem trabalha quanto de quem controla a segurança e fluxo de pessoas, como recepcionistas e vigias.

A migração da tecnologia de controle de acesso para plataformas móveis vai permitir o seu uso em smartphones e outros dispositivos, o que pode eliminar a necessidade de andar com chaves e cartões

A migração da tecnologia de controle de acesso para plataformas móveis vai permitir o seu uso em smartphones e outros dispositivos, o que pode eliminar a necessidade de andar com chaves e cartões

Sua principal função é assegurar que todas as pessoas estejam em um ambiente tranquilo e seguro. Afinal, se não houvesse o controle de acesso no prédio, por exemplo, uma pessoa mal-intencionada teria mais facilidade para entrar e cometer algum furto.

A fim de auxiliar esses profissionais e manter a ordem, os equipamentos de acesso garantem a segurança necessária para empreendedores e funcionários. Fazer o monitoramento, com uso de equipamentos e processos para restringir a
entrada nas companhias e em áreas restritas, é atribuição dos softwares de controle de acesso. É com eles que são identificados os colaboradores e materiais que acessam a empresa, e quais são as áreas destinadas para entrada de cada um.

Controle de acesso a visitantes

Os equipamentos de controles de acesso já permitem que os visitantes sejam cadastrados na hora em que chegam à indústria, deixando armazenadas no sistema informações essenciais para sua localização posterior, como nome, endereço e números dos documentos de identificação, além de uma foto retirada pela recepcionista.

Para isso, os crachás devem ser mantidos com o visitante durante toda a sua permanência dentro da indústria e depositados na urna coletora quando saírem, que realiza a baixa automaticamente no sistema e garante que ninguém permaneça no local sem que a equipe da recepção saiba.

Com esse equipamento, você tem a segurança de que essa pessoa apenas circulará pelas áreas comuns da indústria e só terá acesso a locais restritos se for liberada por algum supervisor que possa realizar a autorização.

Aprimoramento da eficiência dos colaboradores

Nem sempre todos os funcionários da mesma empresa terão permissão para entrar nos setores que quiserem. Isso pode acontecer por uma questão estratégica – muitas vezes  os colaboradores de áreas diversas não conseguem acessar departamentos ligados a diretoria e inovação – ou de segurança. Quer dizer, só são autorizados a entrar em determinado setor funcionários que estejam treinados e equipados para lidar com certos equipamentos e situações, como laboratórios e fábricas, por exemplo.

Sistemas modernos de controle de acesso podem fornecer dados em um formato que é compatível com a empresa, assim, o processo tedioso e propenso a erros de inserir os dados de atendimento da equipe manualmente pode ser completamente eliminado. Até em empresas de médio porte, este sistema leva a eficientes melhorias e economias úteis e para empresas maiores, a economia pode ser substancial.

Não apenas você pode definir a quais portas um indivíduo tem acesso, mas camadas de restrições podem ser aplicadas com base nas agendas ou condições do dispositivo.

Empresas podem usar cartões pequenos ou biométricos para abrir portas, o que nos leva a pensar se isso traz algum benefício real para os negócios. Este tipo de sistema reduz as etapas de entrada manual e, evitando assim que haja erros.

Além de identificar os visitantes e prestadores de serviço terceirizado, o controle de acesso gerencia a frequência dos colaboradores

Além de identificar os visitantes e prestadores de serviço terceirizado, o controle de acesso pode gerenciar a frequência dos colaboradores

Controle de acesso além das portas

O controle de acesso pode ser usado em mais entradas que apenas portas: catracas, barreiras, portões de estacionamento e cercas motorizadas também podem operar com o mesmo hardware para máxima segurança.
Certas áreas de uma empresa precisam ter o devido acesso a apenas um grupo de funcionários e manter os demais colaboradores e outras pessoas fora destas áreas. Salas de TI e para Servidores são áreas de missão-crítica que não podem ter acesso irrestrito para qualquer pessoa.

Até mesmo as instalações de fabricação dentro de lojas, como ouro e joias, precisam fornecer acesso apenas aos executivos de negócios, equipe de manufatura ou pessoal de segurança. Isso só é possível pelo controle de acesso da porta.

Com o monitoramento adequado, é possível acompanhar os eventos de diversos acessos com inteligência artificial, que aumenta a capacidade de capturar ocorrências. Com este serviço, a empresa não precisa mobilizar grandes recursos para compra de equipamentos.

Você sabe quem passa pelos corredores da sua empresa?

Você controla quem passa pelos corredores da sua empresa?

Acesso pelo smartphone

Para atender cada vez melhor a geração onde a praticidade é um ativo valioso, o setor de tecnologia em sistemas de controle de acesso passa 24 horas por dia para deixar as soluções cada vez melhores. Caso tenha esquecido as chaves, o celular terá o mesmo papel que elas.

A migração da tecnologia de controle de acesso para plataformas móveis vai permitir o seu uso em smartphones e outros dispositivos, o que pode eliminar a necessidade de andar com chaves e cartões constantemente. À medida que suas aplicações forem aumentando, mais informações eles vão guardar, e mais segurança e proteção eles vão exigir. Justamente por isso, a tendência é de que novas tecnologias sejam desenvolvidas para proteger cartões inteligentes.

Monitoramento ininterrupto

Diferente de um humano, as tecnologias de controle de acesso podem estar em funcionamento 24h pelos 7 dias da semana. Tecnologias atuais também permitem que portarias sejam operadas remotamente, o que traz ainda mais segurança. Uma das ferramentas que faz este trabalho de forma rápida e eficaz é a Portaria Virtual, que você pode conhecer melhor neste post.

Hoje a tecnologia oferece inúmeros recursos eficientes para fazer o monitoramento de acesso de forma simples e funcional. É possível assegurar a entrada simplificada de pessoas autorizadas, bloquear os não autorizados, gerenciar diferentes níveis de acesso nos ambientes, garantir a segurança de todos e a integridade de bens e informações sigilosas. Ao mesmo tempo, ter informações vivas e estratégicas (número de pessoas, qual o horário de maior fluxo, quais os ambientes por onde passaram, etc.) na palma da mão para fazer a gestão.