BLOG

4 vantagens da Portaria Remota

4 vantagens da Portaria Remota

A portaria virtual, ou portaria remota, é um sistema a distância para controle eletrônico do acesso de pessoas e veículos, que pode ser utilizado em condomínios residenciais ou diferentes tipos de empresas, desde indústrias a escritórios e funciona em um regime integral, 24h por dia, 7 dias por semana.

Esse sistema surge como uma alternativa para substituir a tradicional tarefa de vigilância desses locais por porteiros humanos, que trabalham como funcionários contratados ou terceirizados, e acabam gerando grandes custos ou mesmo falhas operacionais. Ao invés desse modelo, uma equipe especializada em monitoramento controla eletronicamente os acessos para entradas através de uma central externa.

 

Como funciona o sistema de liberação?

A tecnologia de portaria remota consiste no funcionamento conjunto de aparelhos para o monitoramento de pessoas e veículos que entram e saem dos ambientes. O circuito pode ser formado por câmeras posicionadas em locais estratégicos, porteiros eletrônicos e sensores de voz e presença conectados via internet à central de monitoramento.

A implementação da portaria eletrônica torna o acesso livre para funcionários. Esse acesso pode ser realizado através de senhas numéricas, autenticação biométrica ou cartões de liberação.

Já os visitantes, prestadores de serviços e entregadores precisarão ter a sua entrada aprovada pela central. Previamente, ou no momento da entrada. O procedimento funciona da seguinte forma:

  1. Ao chegar, o visitante aciona o equipamento do porteiro eletrônico na entrada
  2. A central remota recebe um chamado e verifica a identidade do visitante
  3. O morador ou gestor da empresa é contactado para aprovar a solicitação de entrada
  4. Em caso de aprovação, o operador libera eletronicamente o acesso do visitante

Em alguns casos, o visitante pode receber uma senha de acesso ou QR Code temporário para entrar na empresa. Esse cenário torna a portaria remota ainda mais autônoma.

O mesmo processo ocorre para liberação de veículos, neste caso, a placa do carro e a identidade do motorista são verificadas para conferência. Conjuntamente, sensores para fechamento automático e anti-esmagamento podem ser utilizados nas garagens prevenindo situações de perigo. Analíticos de vídeo para reconhecimento de placas também pode ser utilizadas para automatizar o processo.

Vantagens da portaria remota

Após entender o funcionamento do sistema, é importante frisar que todo os dados de áudio e vídeo são armazenados para averiguação posterior. Isso possibilita, inclusive, a confecção de relatórios e índices sobre a quantidade de liberações realizadas para visitantes ou número de veículos que adentraram uma fábrica em determinado período, por exemplo.

Além da praticidade e eficácia no momento da liberação de acessos, 4 pontos principais podem ser elencados como benefícios para o uso do sistema. Entenda cada um deles:

Custo

O ponto de vista financeiro é um atrativo que chama bastante atenção, pois a folha de pagamento dos funcionários costuma representar uma parcela significativa nos gastos totais de um condomínio ou empresa. Então, ao contratar os serviços da portaria remota, a empresa fornecedora fica responsável por todos os encargos trabalhistas dos seus operadores. Sem falar que o controle é centralizado, excluindo a necessidade de diversos porteiros físicos -um em cada entrada- , quando se trata de um local com área extensa.

Segurança

Outro fator que pesa bastante na escolha da utilização do sistema é a proteção eficaz das pessoas. Uma portaria remota não pode ser rendida numa ação criminosa, já que não há operadores humanos no local e uma tentativa de invasão ou arrombamento do sistema é facilmente detectada pelas câmeras ou sensores permitindo o acionamento da polícia. Também, botões de pânico podem ser adotados por moradores e funcionários junto aos aparelhos de entrada para facilitar os pedidos de socorro.

Disponibilidade

A portaria eletrônica jamais ficará descoberta. Não há o risco de um funcionário precisar ir ao banheiro e abandonar sua função por algum momento, pois a equipe de operadores trabalha em regime de trocas de turno e é capacitada especialmente para a atividade de monitoramento, sendo apta para observar diversas portarias de forma centralizada e integral.

Por estar conectado em tempo real, o software que liga a portaria à central de monitoramento trabalha com algumas exigências mínimas para garantir seu total funcionamento. Medidas de contingência são instaladas buscando prevenir situações como panes elétricas, perda de conexão ou falha dos equipamentos. Geradores, links extras de internet, manutenção preventiva e encaminhamento de funcionários para operar a portaria temporariamente compõem algumas das ações preventivas que garantem a atuação integral da portaria virtual.

Eliminação de Fraudes e Dimunição de Erros

A ausência de funcionários no local de entrada exclui eventuais liberações incorretas. Por estar monitorando o sistema a distância, o operador da portaria virtual não mantém contato direto com o visitante, portanto, não há possibilidade dele liberar o acesso de amigos ou pessoas conhecidas que não tenham entrada permitida. O cliente elabora uma lista prévia de pessoas autorizadas e envia para a central, cadastrando seus respectivos documentos e determinando o horário permitido para aceso e abertura de portões nas garagens.

Por fim, vale ressaltar que o modelo da portaria remota se adapta a qualquer tipo e tamanho de planta, sendo possível colocá-la em prática em ambientes de vários ramos e de qualquer porte. O fato do sistema ser escalável permite que ele atue bem em diferentes áreas ao aumentar proporcionalmente a quantidade de equipamentos e conexões.

Em resumo, é uma solução integrada que permite o controle de acessos pelo monitoramento em tempo real e completo da sua planta, 24h/por dia e 7 dias por semana, de modo simples e prático, já que não requer grandes esforços ou treinamento prévio dos moradores e funcionários para sua utilização.